Desacelerar é preciso: entenda como a falta de tempo afeta a sua saúde

Por Tratamento profissional Comente!
falta de tempo

Saiba identificar os sinais que mostram que a falta de tempo está prejudicando a sua saúde.

A rotina acelerada e a falta de tempo podem ser situações realmente estressantes, principalmente neste período de fim de ano. Quando isso acontece costumamos pular refeições, nos sentimos cansados, dormimos pouco e temos a sensação de que o tempo nunca é suficiente.

Alguns sentimentos e atitudes são compreensíveis, no entanto não justificam a falta de cuidados com a nossa saúde. Além de desencadear uma série de mudanças no organismo, como a agitação e a irritabilidade, uma rotina de excessos prejudica na prevenção dos problemas de saúde.

Para mudar esse quadro, no artigo de hoje vamos listar os sinais mais comuns e como você pode se comportar diante destas situações para garantir o seu bem-estar. Acompanhe!

Sinais de que a falta de tempo está colocando sua saúde à prova

Estamos tão acostumados com uma rotina frenética, que muitas vezes não nos damos conta de como a falta de tempo pode ser danosa para a saúde. Em alguns casos ela pode até levar à depressão.

Além deste transtorno, há vários outros prejuízos de manter uma agenda cheia de compromissos. Imunidade baixa, males cardíacos e problemas relacionados a ansiedade são alguns deles. Sem contar em níveis elevados de estresse, que podem levar ao desenvolvimento da síndrome de burnout.

Para evitar problemas, não tem jeito. É preciso desacelerar, e separar, mesmo que gradativamente, a vida profissional da pessoal.

Tirar férias também é algo que não pode ser desprezado. O nosso cérebro precisa desses hiatos para espairecer, e ainda, melhorar a nossa produtividade, a satisfação, a saúde e até a inteligência.

Ainda assim, é grande o número de pessoas que encerram o ano sem férias, menosprezando os prejuízos dessa rotina acelerada e da falta de tempo.

92% dos trabalhadores brasileiros costumam trabalhar 40 horas semanais ou mais. Ainda assim, 40% dizem que não tem como justificar o tempo de folga, mesmo quando precisam descansar.

Todo esse estresse traz consequências para o trânsito

A falta de tempo aliada com o estresse e outros problemas acabam afetando diretamente o trânsito. Com isso, uma legião de pessoas estressadas, intolerantes e hiper agressivas têm se formado, tornando esse ambiente ainda mais caótico.

Infelizmente, acabar em definitivo com esse problema não está ao nosso alcance. Mas, podemos iniciar a mudança por nós mesmos.

O primeiro passo é substituir as atitudes que podem agravar a situação, por opções mais leves e benéficas ao nosso bem-estar.

Então, não importa se por dois dias ou duas semanas, você precisa se organizar e tirar um tempo para descansar. Antes mesmo que os sintomas comecem a aparecer.

Não espere o corpo dar sinal de que é hora de desacelerar

A falta de tempo é uma situação muito comum, especialmente em grandes centros urbanos. Mas apesar de muitas vezes essa condição ser inevitável, existem algumas atitudes que podem ajudar.

  • Faça Check Ups periódicos: na maioria dos casos as chances de tratamento e cura são mais altas quando o problema é diagnosticado cedo
  • Mantenha a rotina de sono em dia: a falta de tempo pode sacrificar as horas de sono. Quando isso acontece você fica mais vulnerável a ter doenças cardiovasculares, dificuldades de concentração, irritabilidade, entre outros
  • Pratique atividades físicas regularmente: fazer exercícios é uma ótima estratégia para manter uma qualidade de vida melhor
  • Reserve um tempo para você: se presentear, assistir a um filme que você gosta, fazer o seu prato favorito. Todas são maneiras que você pode encontrar para fazer algo por você e relaxar
  • Estabeleça prioridades: a falta de tempo muitas vezes é uma consequência da falta de organização. Por isso, é preciso buscar analisar como as atividades estão distribuídas ao longo do dia e qual o tempo empregado em cada uma. A partir daí é preciso reorganizar a agenda estabelecendo prioridades
  • Procure ajuda especializada: manter relações leves e desabafar é algo que pode ajudar e muito para reduzir o estresse de uma vida repleta de compromissos. Agora, se perceber que você não está conseguindo resolver isso sozinho, é preciso buscar ajuda especializada.

E você, como lida com a falta de tempo? Deixe o seu comentário, compartilhe a sua opinião e experiências com a gente!

Tagged under:

1 Comentário

Dê sua opinião!