Dicas para você perder o medo e dirigir sozinha com segurança

dirigir sozinha

Para ganhar confiança é importante acreditar nas próprias habilidades, cuidar do emocional e treinar a prática, dos pequenos aos grandes trajetos.

Dirigir sozinha é um dos grandes desafios das mulheres que têm medo de dirigir. Ter a presença de outra pessoa ao seu lado, para muitas, traz mais confiança e segurança para enfrentar o volante. No entanto, se manter nessa dependência não é algo saudável.

Nossos medos precisam ser vencidos, aos poucos, com calma e perseverança. Mas, é preciso querer tomar essa decisão. Do contrário, esse medo pode evoluir para um transtorno psicológico, como é o caso da Amaxofobia.

Como ganhar confiança para dirigir sozinha

É normal que motoristas iniciantes apresentem um pouco de medo e certa insegurança nas primeiras vezes que assumem a direção do carro sozinhos. Afinal, é tudo novo, mesmo para quem já domina a teoria, passou pelos exames e está habilitado para dirigir.

Se você está passando por isso, saiba que essa sensação vai passar com o tempo, aos passos que a confiança em si mesma aumentar.

Em outros casos, a origem do medo pode estar relacionada a algum transtorno ou ser consequência de algum trauma vivido.

Para ter um diagnóstico preciso, o ideal é que a pessoa procure a orientação de um psicólogo. É esse especialista que poderá dar o suporte que ela precisa, ajudando-a a superar a fobia de dirigir.

Ainda assim, algumas dicas podem ajudar para que você perca o medo e consiga dirigir sozinha para qualquer lugar. Confira a seguir:

Confie no seu potencial

Se você fez seu curso de condução, passou pelos exames e está habilitada para dirigir é importante entender que um pouco de insegurança faz parte. Quando estamos diante de algo novo, é isso mesmo que acontece.

Agora, é importante também que você acredite em si mesma. Afinal, se você chegou até aqui é porque está apta para dirigir, apenas precisa treinar suas habilidades.

Cuide do seu emocional

Para ter confiança para dirigir sozinha é essencial que o nosso emocional esteja saudável. Quando nos sentimos inseguras, com baixa auto estima ou deixamos que pensamentos negativos e autodestrutivos dominem a nossa mente fica difícil assumir qualquer desafio. Sobretudo porque essa carga negativa pode interferir no nosso desempenho.

Por isso, é preciso não deixar se abalar com pequenas falhas, buscando ser mais tolerante consigo mesma. Um medo não se supera de uma hora para a outra. É preciso dar tempo ao tempo, manter a calma e ser perseverante.

Exercite a prática em pequenos trajetos

Não tem jeito, perícia na condução de um veículo só se ganha com experiência ao volante. É assim para todo e qualquer aprendizado.

Agora, não dá para querer enfrentar o trânsito de uma hora para outra. Dirigir nas ruas, principalmente quando o tráfego é intenso, exige certa habilidade. E a segurança precisa vir em primeiro lugar.

Comece, portanto, a exercitar a direção em pequenos trajetos. Use a própria garagem ou o pátio da sua casa para isso. Aos poucos vá aumentando esse trajeto.

Faça isso repetidas vezes, durante uma semana pelo menos. O importante é treinar esse deslocamento. Você vai ver que depois disso, dirigir sozinha se tornará um hábito e muitos movimentos ao volante se tornarão automáticos. Pode acreditar!

Dicas de segurança para iniciantes

Mesmo que você esteja confiante para dirigir sozinha é importante que você saiba que as vias oferecem riscos. Sobretudo para um motorista iniciante, que não tem a mesma percepção e agilidade de um condutor experiente. Por isso, é importante ter cautela, dominar a emoção e a ansiedade quando você estiver ao volante.

Prestar atenção aos sinais de trânsito e a tudo o que acontece ao seu redor também é fundamental. Assim como, obedecer às regras comuns, manter uma distância segura do veículo da frente e sinalizar sempre as suas intenções.

Lembre-se que o trânsito é feito de escolhas. E a prevenção é sempre o melhor caminho.

Esperamos que depois dessa leitura você esteja mais confiante para dirigir sozinha. Não esqueça de compartilhar com a gente como tem sido a sua experiência. Deixe o seu comentário ou entre em contato.

Tagged under:

Dê sua opinião!